Comerciante vai ter de pagar 4,7 mil por pescar dourado e postar em redes social

Homem de 48 anos pescou o almoço" proibido e vídeo foi parar nas mãos da PMA

ÂNGELA KEMPFER / CAMPO GRANDE NEWS


Imagem do peixe postada nas redes sociais. (Foto: PMA)

A PMA (Policia Militar Ambiental) de Amambai prendeu homem de 48 anos que, além de pescar espécie proibida, ainda divulgou o 'feito' em vídeo nas redes sociais. O comerciante terá de pagar multa de R$ 4,7 mil por pegar um dourado.

A captura desse tipo de peixe é proibida desde 2019, considerada pesca predatória. Mas o homem não só cometeu a infração como registrou todo o processo, se vangloriando por ter conquistado o 'almoço'. As imagens chegaram até a PMA nesta quarta-feira.

'O peixe teria sido levado para um rancho pesqueiro e teria sido consumido por ele e amigos', informa a assessoria da corporação. A equipe conseguiu identificar o comerciante, o prendeu e a justificativa dele foi de que desconhecia a proibição

O pescador foi autuado administrativamente, com multa agravada pela captura e abate do peixe da espécie.