PMA flagra onça-pintada tomando água no Rio Ivinhema

IVI NOTíCIAS/PMA


(Divulgação)

Durante patrulhamento fluvial de prevenção à pesca predatória e outros crimes e infrações ambientais, dentro e no entorno da área do Parque na operação Corpus Christi, Policiais Militares Ambientais de Dourados e da Subunidade do Parque Estadual das Nascentes e das Várzeas do Rio Ivinhema (PEVRI) apreenderam diversos petrechos ilegais para a pesca. Os trabalhos preventivos, que começaram no dia 18 e continuam hoje (19/06) acontecem nos rios Paraná, Ivinhema e seus afluentes e os Policiais já percorreram mais de 160 km de rios.

Conforme apurou o Site, no rio Paraná, no trecho do entorno do Parque em que a pesca é permitida foram fiscalizadas 15 embarcações com 27 pescadores amadores e todos pescavam legalmente. Em trechos do rio Ivinhema em que a pesca é proibida, bem como no rio Paraná foram retiradas 11 boias (joão-bobo), duas cordas de espinheis com 15 anzóis cada um e 32 anzóis de galho. Os proprietários dos materiais ilegais não foram encontrados, até porque eles normalmente armam esses petrechos ilegais durante a noite.

De qualquer forma, a fiscalização preventiva intensiva tem evitado a pesca ilegal na região e na Unidade de Conservação, principalmente, para evitar a armação desses petrechos nos rios, os quais têm alto poder de depredação dos cardumes, ou retirá-los sem que tenham degradado os recursos pesqueiros.

ONÇA-PINTADA

Na fiscalização do rio Ivinhema na área do parque, a equipe conseguiu filmar uma onça-pintada que bebia água à margem do rio. O animal subiu o barranco rapidamente devido ao barulho do motor da embarcação.