Grêmio e Flamengo empatam e complicam seus objetivos no Brasileirão

Não se aproximaram como queriam do líder Atlético-MG

MIDIAMAX


Foto: Assessoria/Grêmio

Grêmio e Flamengo empataram, por 2 a 2, nesta terça-feira, em Porto Alegre e complicaram seus objetivos no Campeonato Brasileiro. Enquanto os gaúchos alcançaram os 36 pontos, em 18º lugar, os cariocas, com 67, não se aproximaram como queriam do líder Atlético-MG.

 

A partida começou fria assim como o ambiente da partida, afinal a Arena estava vazia por causa da punição imposta ao time gaúcho após a invasão no gramado após a derrota para o Palmeiras.

 

O Flamengo, apesar de representado pelos reservas, mostrou bom padrão e ficou mais tempo com a bola durante os dez primeiros minutos, mas nada foi produzido no ataque. Aos poucos, o Grêmio passou a procurar o campo ofensivo e criou duas oportunidades.

 

Aos 12, Diego Souza bateu falta para defesa de Hugo Souza. Mas foi aos 16, que os anfitriões tiveram boa oportunidade na cabeçada de Jhonata Robert. A bola passou pelo goleiro do Flamengo, mas Gustavo Henrique salvou quase em cima da linha.

A disputa voltou a ficar morna. O Grêmio esteve muito fraco tecnicamente, talvez pela situação da equipe na tabela de classificação, enquanto o Flamengo não tinha agressividade e só foi incomodar o goleiro Gabriel aos 32 minutos.

 

Sem um armador de jogadas, o Grêmio praticamente sumiu na partida. Com isso, o Flamengo foi encontrando espaços para finalizar. Rodinei e Diego erraram.

 

A única forma do Grêmio criar oportu

nidades era por intermédio da individualidade de seus atletas. Aos 42, Ferreira teve chance no rebote de Hugo, após finalização de Diego Souza, o mesmo atacante que teve um gol bem anulado (impedimento) pelo árbitro

O segundo tempo deu a impressão de que o Grêmio voltaria mais intenso e logo no primeiro minuto Diego Souza quase abriu o placar. Mas foi apenas ilusão. Quem fez o primeiro gol foi o Flamengo, aos 12 minutos, quando a zaga gremista errou e Vitinho não desperdiçou: 1 a 0. Mais quatro minutos e Jhonata Robert levou o segundo amarelo e foi expulso.

 

Renato Gaúcho colocou Pedro e Arrascaeta na tentativa de dar ritmo aos dois para a final da Libertadores, no sábado, com o Palmeiras, em Montevidéu. Sem opção, o Grêmio foi à frente, enquanto o Flamengo se posicionou na espera de um contra-ataque para acabar com a fatura. E não deu outra. Aos 28, Kenedy iniciou a jogada e Vitinho fez mais um: 2 a 0.

 

Mas não deu tempo nem de festejar. Aos 30, Borja surgiu no meio da área par afazer o primeiro e deixar o Grêmio vivo na partida. Aos 36, Ferreira, em belo chute, empatou. Aos 40, Cortez quase virou.

 

Os últimos 15 minutos foram eletrizantes com o Grêmio tendo pelo menos três oportunidades para virar o placar. Aos 48, foi a vez de Arrascaeta quase marcar.