Ladrões levam F1000 fabricada há 32 anos e deixam dono amarrado

Homem de 65 anos foi assaltado hoje de manhã em Dourados e deixado em canavial

CAMPOGRANDE NEWS


Uma caminhonete F1000 fabricada em 1989 foi roubada por dois bandidos armados na manhã desta segunda-feira (5) em Dourados, a 233 km de Campo Grande.

O proprietário, de 65 anos de idade, foi deixado amarrado em canavial na saída para Ponta Porã. Até agora não há pista dos assaltantes e do veículo, possivelmente levado para o Paraguai. 

Segundo a ocorrência policial, o douradense utiliza a caminhonete para fazer fretes. Por volta de 7h de hoje ele estacionou a F1000 no ponto próximo ao Parque Antenor Martins, no Jardim Flórida (região oeste da cidade).

Minutos depois chegaram os dois assaltantes, um deles armado com revólver, possivelmente calibre 38. Eles disseram à vítima que só queriam a caminhonete e mandaram o homem colocar o capuz do moletom e não olhar para o lado.

Um dos assaltantes, aparentando ter em torno de 40 anos, moreno, usando máscara e boné, assumiu o volante. O outro, em torno de 35 anos, magro, e também de boné e máscara, estava com a arma.

A dupla seguiu em direção à Vila Cachoeirinha levando o proprietário como refém. Depois seguiram pela BR-463 até as proximidades da usina da Bunge, já no município de Ponta Porã. O refém foi deixado amarrado no canavial na beira da estrada.

Antes de saírem do local, os assaltantes afirmaram que deixariam o celular do motorista, mas avisaram que ele não podia ligar para a polícia. Depois que os assaltantes foram embora levando a F1000, o homem ligou para a esposa e contou do assalto.

Na Polícia Civil, ele disse que ficou com medo de ligar para polícia, pois os assaltantes falaram que sabiam onde ele morava, pois há algum tempo estavam cuidando o ponto de frete. A caminhonete não tem seguro nem sistema de rastreamento.