Comerciários, jornalistas e mais categorias podem ser vacinadas em MS a partir de sexta


Resolução da SES (Secretaria Estadual de Saúde) publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (1º)  autoriza os municípios de Mato Grosso do Sul a incluir profissionais da imprensa, bancários, profissionais de segurança privada e de transporte de valores, vigilantes patrimoniais, trabalhadores do comércio, oficiais de justiça, conselheiros tutelares, motoristas de aplicativos, moto-taxistas, taxistas, colaboradores de cartórios extrajudiciais, notários e registradores na prioridade da vacina contra covid.

Várias categorias como imprensa, bancários e trabalhadores do comércio já haviam se mobilizado pela inclusão, que foi aprovada pela CIB (Comissão Intergestora Bipartite) na quarta-feira (30).

De acordo com a Resolução 138/CIB/SES o quantitativo de 10% das vacinas pertencentes à Coordenadoria Estadual de Vigilância Epidemiológica (CEVE), destinado à perda operacional poderá, a critério do município, utilizar a reserva técnica para ajustes operacionais, ou mesmo para a vacinação dos novos grupos.

“Além de atender a uma solicitação que vinha sendo feita por categorias profissionais que usualmente atendem o público, vamos avançar na imunização por faixas etárias, possibilitando uma cobertura vacinal que, na somatória, vai protegendo diferentes segmentos populacionais”, explicou o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende.