Empate deixa São Paulo confortável por vaga nas oitavas da Libertadores


A vitória não veio, mas o São Paulo retornou do Uruguai como líder do grupo e muito próximo da vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores. O placar de 1 a 1 com o Rentistas e apresentando uma formação reserva, na última quarta-feira, no Centenário, deixa a equipe tricolor em situação confortável na chave E do torneio.
O resultado no Uruguai fez o São Paulo a alcançar os mesmos oito pontos do Racing, que na terça-feira derrotou o Sporting Cristal, no Peru. A equipe comandada por Hernán Crespo lidera pelo saldo de gols superior: 5 contra 3 dos argentinos.
Para assegurar vaga sem depender de qualquer combinação de resultado, o São Paulo precisa de no mínimo empates contra Racing e Sporting Cristal nas duas rodadas finais desta fase de grupos da Libertadores. Ambos os duelos serão disputados no Morumbi.


Dois empates levariam o São Paulo a 10, número inalcançável para o próprio Rentistas, que soma três pontos depois de quatro rodadas e só chega a nove se superar a difícil missão de bater Sporting Cristal e Racing no Peru e na Argentina, respectivamente.
O Sporting Cristal, com apenas um ponto conquistado no principal torneio de clubes da Conmebol, está eliminado e só disputa com o Rentistas a possibilidade de entrar na disputa da Sul-Americana.

Portanto, o São Paulo pode assegurar a classificação já na próxima terça-feira. A partir das 21h30, a equipe duela pela liderança do grupo com o Racing, no Morumbi.
Antes de pensar na Libertadores, Crespo e companhia têm que decidir o futuro no Paulistão. Na sexta-feira, o São Paulo faz o duelo quartas de final, em casa, contra a Ferroviária. Se vencer, encara o Mirassol no domingo, novamente no Cícero Pompeu de Toledo.