Com direito a pitstop, casal faz chá bar no autódromo da Capital

Fran e Luan tiveram a ideia uma semana antes da cerimônia, que contou com pai do noivo como "mecânico"

CAMPOGRANDE NEWS


A uma semana do chá bar, cerimônia cada dia mais comum que antecede os casamentos, Fran e Luan ainda não sabiam como seria o evento. Já com tudo marcado, os noivos se viram como outras centenas de casais pelo país durante esse último ano, impossibilitados de reunir um grande número de pessoas. 

Foi nesse momento que a criatividade superou qualquer obstáculo. Para evitar aglomeração, o engenheiro Luan Leandro Moura, 29 anos e psicóloga Francielle Almeida Campos, 28 anos, decidiram fazer um chá bar drive-in, algo já não tão incomum. Porém, a novidade está no local: o Autódromo de Campo Grande

“A propriedade do autódromo é da minha família e quando percebi que teríamos de fazer o evento drive-in achei que lá seria legal porque tem um grande espaço e evitaria de causar congestionamento na rua, essas coisas”, explica Luan.

E eles contaram com ajuda para fazer tudo dar certo. “Nossa família foi muito importante para fazer as lembranças, pensar em brincadeiras”, conta Fran.

A dinâmica consistiu em cada convidado pegar uma comida no início entregue em cada carro. Depois foi feita uma brincadeira com todos estacionados. Em seguida houve a realização de um pitstop simulado com a participação do pai de Luan e cada convidado deu uma volta no autódromo sozinho.

“Na sequência cada um que dava a volta ia estacionando na largada. Quando terminaram as voltas, demos uma última com todos juntos. Ao fim, entregamos as lembranças”.


Assim como o chá bar, os dois ainda vivem o drama do casamento, que está marcado para o dia 22 de maio às 10h30.

“Por conta da frequência de decretos que mudam as restrições a todo instante não sabemos como será a cerimônia de casamento. Estamos esperando chegar mais perto para decidir”, diz Fran.E essa tem sido a tônica da organização do casamento deles desde 2020. “Ano passado, quando ficamos noivos, imaginávamos que tudo estaria bem mais flexível, mas aí veio a segunda onda e restringiu tudo de novo”.


Mas se levar em conta a criatividade do casal, com restrição ou sem, esse casamento sai.

 

 



Fran e Luan com os carros dos convidados na largada (Foto: Rapha Domingues Fotografia)
Fran e Luan recebendo os convidados no autódromo (Foto: Rapha Domingues Fotografia)
Houve até pitstop para avaliar como estavam os pneus (Foto: Rapha Domingues Fotografia)
Fran e Luan entregando as lembrancinhas na saída (Foto: Rapha Domingues Fotografia)