Morre a ex-vereadora Madalena Leite, primeira travesti eleita em Piracicaba

A ex-vereadora Madalena Leite foi assassinada em Piracicaba na madrugada de hoje

UOL


A ex-vereadora de Piracicaba Madalena Leite, de 64 anos, foi encontrada morta hoje, com lesões na cabeça. Com 64 anos, a ex-parlamentar foi a primeira travesti eleita para ocupar um cargo na Câmara Municipal da cidade. De acordo com informações repassadas pela SSP (Secretaria de Segurança Pública) , o corpo foi encontrado no início da madrugada, na casa da ex-parlamentar, localizada na Rua Militão Prates Ferreira, na Vila Sônia.

Policiais Civis chegaram ao caso após a PM ser acionada para atender a ocorrência. Uma testemunha que frequentava a casa de Madalena Leite tinha a chave do local, e foi quem encontrou o corpo e repassou informações sobre o caso para a polícia. Uma equipe do Corpo de Bombeiros também esteve no local dos fatos, onde foi constatada a morte. O caso foi registrado como homicídio simples na Delegacia Seccional de Piracicaba e encaminhado para Deic para continuidade das investigações. A polícia não informou se há suspeitos para o crime.