Índia anuncia mistura de 20% de etanol à gasolina em quatro anos | Brasilagro

BRASIL AGRO


Índia anuncia mistura de 20% de etanol à gasolina em quatro anos

PorGiovanni Lorenzon

Legenda: Mais cana para etanol e mais etanol na gasolina, prevê o governo indiano (Imagem: REUTERS/Rajendra Jadhav)

Na safra 24/25 de cana, aÍndiadeverá adicionar 20% deetanolàgasolina. A meta foi antecipada, quando se previa para 2030. Na safra atual é de 8,5% e na próxima será de 10%.

A informação foi noticiada pela página da web da Índia TV, segundo teria dito o ministro do Petróleo, Dharmendra Pradhan, nesta quarta-feira (28).

Além da perspectiva ambiental, que retira mais poluente da atmosfera com um blend mais elevado de anidro, é uma boa notícia para oaçúcar.

PUBLICIDADE

A Índia luta com um sistema produtivo arcaico, com milhões de pequenos produtores e centenas de usinas, que necessitam de subsídios da produção à exportação, de modo que infla a oferta global de açúcar e pressiona os preços.

O Brasil é o mais mais prejudicado, apesar de ter o etanol consolidado no seu mix. Em 2020, as exportações só foram boas graças ao dólar favorável.

Apesar do atraso indiano, que vem sofrendo estímulos do setor privado brasileiro para que adotasse uma política de mistura mais agressiva, o ministro disse que o país pode se tornar um dos líderes em energia limpa.

E determinaria, ainda, um menor grau de dependência dopetróleoimportado, que responde por 83% das necessidades dos indianos (Money Times, 28/1/21)