Casal passa dezembro distante e comemora Natal um mês depois

Thiago e Jacker moram em Londres e, em visita ao Brasil no fim de ano, passaram o Natal separados, por isso a ceia 1 mês depois

LUCAS MAMéDIO / CAMPO GRANDE NEWS


Thiago e Jacker na ceia deste dia 24 de janeiro (Foto: Arquivo Pessoal)

O que a pandemia não cancelou, ela adiou. Eventos ligados à tradições históricas nunca antes modificados tiveram que mudar de datas ou aconteceram de forma completamente adaptados. Pois é, e nessa lógica teve gente que adiou até o Natal, isso mesmo, o nascimento de Cristo.

Bom, é verdade que o Natal aconteceu no dia 25 de dezembro e isso não foi mudado, mas a celebração do casal Thiago Fraga e Jacker Marini só aconteceu neste dia 24 de janeiro de 2021, um mês depois portanto.

Thiago é campo-grandense e Jacker carioca. Eles moram em Londres há mais de dois anos e na volta ao Brasil no final de 2020, época em que sempre visitam familiares, passaram dezembro distantes cada um com suas respectivas famílias.

“Antes a gente também fazia a ceia de Natal cada um com sua família, mas logo no dia 25 já nos encontrávamos. Agora, por conta da pandemia, achamos melhor só nos vermos depois das festividades, porque viajam e aumentar o risco de contágio e temos muitos familiares no grupo de risco. Nossos pais são idosos, por exemplo', explica Thiago.

Os dois só se encontra pessoalmente no dia 4 de janeiro, depois de Natal e Ano Novo. Mas quem pensa que tudo já havia passado, se enganou. Jakcer na impossibilidade de terem ficado junto no Natal uma oportunidade.

“Eu propus que quando a gente voltasse pra Londres, onde teríamos que ficar isolados por conta que viemos do Brasil, que fizéssemos então nossa ceia um mês depois, como uma espécie de “mêsversário' de Jesus (risos)', diz Jacker.

E assim foi. Eles voltaram para Londres na última quarta (20). Como ainda cumprem quarentena tiveram que comprar tudo online, tanto comida como alguns itens de decoração.

“Tínhamos ainda muita decoração do ano passado. Na questão da comida estamos fazendo muita coisa, para que vem um monte de gente comer aqui (risos)', brinca Thiago que fez salada de frutas, lombo, frango assado, maionese, arroz com amêndoas, enquanto Jacker ficou responsável pelas tradicionais rabanadas.

O emprenho foi real. Teve pisca-pisca, árvore de natal, tudo para deixar o ambiente no clima natalino. Vestidos com suéteres característicos e com a mesa pronta, eles celebraram o Natal extemporâneo, algo que vai ficar para a vida deles como mais um dos reflexos da pandemia. “Acho que fizemos do limão uma caipirinha', brinca Thiago.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: [email protected] ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.